03 janeiro 2018

A Caixinha Mágica: um conto sobre a infância no orfanato e a esperança de dias melhores

Quando mais nova, Priscila perdeu os pais e passou a viver em um orfanato, carregando consigo apenas as lembranças de sua infância com os pais e uma vizinha, amiga querida de sua falecida mãe. No decorrer da leitura nos deparamos com relatos da própria garota sobre como foi parar no orfanato, e como se sente sozinha, com saudades da mãe e de sua antiga vida. Até dado o momento em que ela recebe uma caixa da cuidadora, contendo dentro pertences de sua família, que a farão sentir-se um pouco menos solitária. Recordando-se de vagas lembranças que carrega de sua mãe, como os CD's com as músicas do cantor favorito dela, Ray, um porta retrato da família, e uma máquina de escrever que pertencia a seu pai, ao qual ela nunca conheceu. Mas, havia algo mais ali dentro, ela encontra uma "caixinha" instigante, da qual não se recordara, - o grande ápice desse conto - a caixinha mágica.


Título: A Caixinha Mágica
Autora: Luiza Trigo
Número de páginas: 23
Data de publicação: 10 dez 2013
Livro digital. Kindle
✩✩✩

Tratando de questões tocantes como solidão, inocência, paixão infantil, esperança e, claro, o espírito de fraternidade natalina! que será o desfecho final. Apenas achei que o enredo foi bastante curto, contendo personagens vagos, e pouco explorados. Senti uma falta de mais diálogos reflexivos sobre o tema, - adoção, abandono, família - e pouco se sabe sobre a vida dos personagens. O orfanato parece um lugar agradável partindo do ponto de vista da menina, e devemos ter em mente que a realidade nem sempre se assemelha com o conto.

Compartilhar:

01 janeiro 2018

O Mágico de Oz

Título: O Mágico de Oz
Edição: Clássicos Zahar
Lançamento: 14/02/2013224 páginas
O mágico de Oz é sem sombra de dúvidas, um dos maiores clássicos da literatura infantil. Quem nunca ouviu falar sobre a pequena garotinha do Kansas e seu cachorro, que logo após um furacão arrastar a casa dos tios, vão parar em um lugar cheio de fantasia e perigos inimagináveis?

Em breve farei uma resenha completa com minha opinião sobre esse livro. Devo admitir ser um dos meus favoritos desde a infância! Recomendável para todas as idades!

 Por enquanto, estou escrevendo essas palavras para concluir alguns testes nas modificações do blog. Quero que tudo funcione direitinho para que o blog fique visualmente agradável para vocês. 

LOGO MAIS, RESENHA COMPLETA - Aqui nesta postagem.
Compartilhar:

Um Feliz Ano Novo!

Bom dia, galera! Como passaram a virada de ano? Aposto que se divertiram bastante. Pois bem, eu não.. haha. Eu tirei esse dia tão aguardado, para analisar o blog, e assim traçar novas metas e ideias pra compartilhar aqui com vocês. Por enquanto a novidade que tenho, é que agora o blog tem domínio! aeeee!! registrei pelo google mesmo. Bom.. vou pagar durante 1 ano! e espero que eu consiga mais leitores para o blog, e criar novos laços de amizade com vocês.
Nos últimos meses que se passaram eu estive lendo bastante alguns livros. Foram algumas fábulas, porém, me diverti muito! - Gostaria de poder dizer que foram vários.. mas  acabei lendo bem menos que isso durante o ano de 2017 todo! - Quem sofre de ansiedade e costuma procrastinar muito no dia a dia, sabe do que estou falando..  :(

Durante esse mês de Janeiro, não vou encher o ano com falsas promessas.. então, irei escrever no blog e compartilhar minhas leituras finalizadas!!! aeee! foram poucas, porém, sou muito grato por ter concluído cada uma delas. E, é isso galera. Se você estiver lendo isso agora, por favor! continue por aqui! logo mais eu volto pra gente bater um papo bacana sobre livros! TEM COISA MELHOR? *-*

AH! SE QUISER, COMENTEM AQUI NESSE POST RECOMENDAÇÕES DE LIVROS QUE VOCÊS ADORARAM LER DURANTE O ANO PASSADO. Eu vou curtir muito pesquisar sobre cada um deles, e assim que for possível, irei resenhar aqui no blog, quem sabe? :p

Um abraço! e Feliz Ano Novo! repleto de paz e muitas leituras.
Compartilhar:

24 março 2017

Meu regresso ao Vivendo Leituras

É perceptível o quanto ando sumido por aqui - já tem um longo tempo, né. Estou postando agora, pois tenho algumas novidades para contar pra vocês! Estou muito engajado com meu TCC e mal posso esperar para terminar isso de vez e me dedicar mais ao blog.

Voltarei a estudar na semana que vem - entrei para o curso de Biblioteconomia (parabéns pra mim!). Esperem, com muito amor, que em breve eu regresso de vez pra fazer novos posts.

 Estou publicando essa "nota de esclarecimento" pelo smartphone (teste), para facilitar ainda mais minha interação com vocês aqui no blog. Agradeço pelos quase 100 seguidores do blog, e peço a gentileza que não deixem de seguir, e que me desculpem por recomeçar tudo do zero. Mas afinal, a vida é feita de recomeços.




                                                      Um grande abraço! e até breve!
Compartilhar:

11 janeiro 2016

O Lado Bom da Vida

Olá! Boa noite pessoal, irei resenhar sobre o livro, O Lado Bom da Vida, que foi um livro que li ano passado! ( outubro de 2015) -  e nesse tempo o blog estava desativado, por isso não havia feito resenha. O livro é muito bom! e irei destacar (SEM SPOILERS) os pontos positivos  que li no livro, e também algumas citações para aguçar a curiosidade (no final do post) de quem ainda não leu, ou pretende ler.

Título: O Lado Bom da Vida
autor: Matthew Quick
Editora: Intríseca
páginas: 254
ano: 2013


Pat Peoples é um cara muito "sentimentalista" e meio.. meio.. louco (!?) de amor, por sua ex-mulher, Nikki. Pat passou um tempo separado dela à pedido da própria esposa, mas não se lembra do por quê. Por alguma razão, Pat estava internado em uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele "lugar ruim".

Ao sair de lá, ele tenta recompor suas recordações, repletas de lapsos, e agora começa a ver uma realidade diferente de sua vida. Seu pai se recusando a falar com ele, a esposa negando aceitar revê-lo e os amigos evitando falar sobre o que aconteceu antes de sua internação.
Pat passa a se viciar em exercícios físicos para ficar em forma para reencontrar sua amada Nikki. está determinado a reconquistá-la, e no meio desse caminho, eis que surge Tiffany, uma jovem viúva, com idade compatível a de Pat (30 anos). Pat a conheceu num jantar com amigos, e eles passam a ter uma amizade, se encontrando frequentemente em suas corridas, eles correm juntos e conversam muito. Ela é uma mulher bem diferente de Nikki, totalmente contrária, dramática, bem, ela é um pouco estranha. Tiffy (Tiffany) propõe ajudá-lo a reconquistar sua esposa, sendo "pombo correio" dos dois. Ele passa tudo que gostaria de dizer a Nikki para Tiffy, e Tiffy transmite tudo para Nikki, Ok, isso ficou claro. Mas Tiffy não seria tão "amorzinho" e fazer isso de graça, ela precisa da ajuda de Pat para vencer uma competição de dança - se bem me lembro - de um centro de apoio para pessoas depressivas. Ela vem tentando ganhar essa competição há muito tempo! e promete que dará tudo certo com entre Pat e Nikki se ele colaborar com ela. Entre os ensaios de dança, corridas com o Pat, e Nikki correspondendo Tiffy, muita coisa vai acontecer! e o final não posso contar.



Sobre o livro em si, é divertido, tem partes engraçadas sobre a personalidade de Pat, e a forma como ele vê toda sua vida após sair da instituição psiquiátrica. Como o personagem costuma dizer, ele prefere ser gentil ao invés de ter razão. O livro é repleto de boas reflexões! e vale muito a pena ler! Já ouvi booktubers dizerem que detestaram o livro, muito fraco, etc.. A única coisa que posso dizer a respeito disso é LEIA O LIVRO!! e DEPOIS tire suas conclusões. Uma parte chata do livro - na minha opinião, claro - é que conteve muitos diálogos sobre futebol americano no livro, e isso me pareceu apenas para aumentar um pouco a quantidade de páginas, ou esfriar o clima das boas reflexões e boas conversas entre alguns personagens. Apesar disso, minha nota no Skoob para esse romance foi 5 estrelas. Sim, eu fiquei com ressaca literária depois de ler o livro e ver o filme, pq? por culpa do Pat! da Tiffy! e da Nikki! haha. Fiquem com algumas citações do livro.

CITAÇÕES DO LIVRO: O LADO BOM DA VIDA


"...No momento em que ela mais precisava de ajuda, foi abandonada, e somente quando ofereceu ajuda aos outros foi amada. Isso meio que sugere que é importante dar valor às boas mulheres em nossa vida, antes que seja tarde demais. "


"Estou praticando ser gentil em vez de ter razão."



"Eu apenas gostava de estar perto de você, mesmo
que não disséssemos nada."



Compartilhar:
Página inicial

Seguidores

Follow by Email

Total de visualizações